sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

1 134 - O dia de anos de minha mãe...

Os meus amigos desculpem lá, mas hoje só me apetece falar da mulher que me pôs no mundo: Maria Dulce. Faz hoje 91 anos!!! E a festa vai ser amanhã!
Se me perguntassem há 37 anos, quando eu jornadeava pelo Quitexe, se este foto que hoje vos mostro era possível, seguramente não saberia responder. Hoje, posso: ali está, senhora do seu nariz, a mulher que por amor se fez minha mãe, rodeada de quatro dos seis netos.   
Quando há bocado lhe perguntei se se lembrava deste dia de 1975, o dia dos anos dela - foram 54!!!, e era ela mãe viúva de filho (o mais novo) na guerra colonial - disse-me, com resposta afiadinha na ponta da língua, que se lembrava muito bem e que «foi um dia triste...»
Pelo Quitexe, o PELREC teve um patrulhamento apeado, saímos pelas 8 horas da manhã e voltámos antes do jantar. Quando passávamos à distância de um pequeno olhar do cemitério da vila, o alferes Garcia notou-me diferente. «O que é que se passa, pá?!...».
Eu não disse nada e fiz-me forte!! Afinal, eu era um Ranger!!! Mas a minha memória estava nas palavras de meu pai, que a morte me roubara um ano e tal antes. E nas «poucas palavras escritas nesta tarde de domingo», o domingo de 13 de Janeiro de 1975, lavradas por minha mãe em aerograma que agora reli, fazendo ela o culto da família e deixando fluir o seu amor de mãe pelo filho que estava na guerra e de quem tinha saudades e preocupações.
«Põe lá isso na internet...», disse-me Maria Dulce, a minha mãe. E vim, a saber, já hoje, que ela procura aos netos para ver as histórias do blog. Esta eu não imaginava! Mas quem tem uma mãe, realmente, tem tudo!!!

9 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns mama .....
Acho que hoje ainda vais querer a chucha...
Lambam !!!
Abraço e um beijinho à mama!
ManPinto

Anónimo disse...

É maravilhoso poder acrescentar mais um ano à vida!
E neste caso ainda o será mais, quando toda a Família ajuda a dar mais vida aos anos!
Parabéns D. Dulce!
Um grande abraço amigo Viegas.
Carlos Silva

d´OIS POR TRÊS disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Caro Viegas, lembro-me desse dia, pagaste o jantar no Topete e o nosso amigo Cabrita apanhou uma carraspana das grandes.
Grande abraço para tua mãe.
A. Cruz

Anónimo disse...

Mau amigo Viegas:
Quem tem uma mãe tem tudo. Um beijo para ela e um grande abraço para ti.
MMachado

Anónimo disse...

Viegas:

Tenha lá paciência, mas dê os parabéns à Sra. sua mãe.
Fiz a mesmíssima pergunta à minha, quando a 29 do passado mês fez os 96.
"Rezei muito...acho que esgotei os terços todos...foram quase cinco anos a rezar!...", respondeu-me!
E quem tem mãe...
Abraço
A. CASAL FONSECA

Tomás - CCS disse...

Peço desculpa estar atrazado na atualização, mas... nunca é tarde para desejar muitos parabéns por tão bonita idade. Um grande beijinho para ela. Viegas estima. Há poucas mães como a tua.

Anónimo disse...

Bonit, Viegas...
Um grande beijo para tua me.
Pires

Anónimo disse...

 Caro Celestino
 
 
           A  razão de hoje te falar é a tua mãe. Gostei do carinho com que falaste dela...
 
           Para ela um beijinho, parabens e muitas felicidades na companhia dos filhos e netos.
 
           Um abraço
 
                António S Cruz